Teresa Almeida

capa O nada que me deste

O nada que me deste

Deixaste-me a alma doente

O coração partido 

O corpo dormente 

E o grito contido.

 

Deixaste-me a esperança vazia

E a tristeza cheia

Os sentimentos em apatia

E os pensamentos numa teia.

 

Deixaste-me sozinha e triste

De viola na mão 

Sem dizer nada sumiste

Foste uma desilusão.

 

Esperava mais de nós 

Sonhei com eternidade 

Amei-te todo este tempo a sós 

E foi amor de verdade.

 

Aprendi a não esperar 

Aprendi a libertar

Aprendi a me amar.

 

Obrigada, o nada que me deste

foi a minha maior lição.

Se gostas, partilha ;)

Artigos Relacionados

Redes Sociais

Teresa Almeida foto
Get The Latest Updates

Subscreve a Newsletter

Sem spam, notificações apenas sobre novos produtos e atualizações.

INTERESTED IN WORKING WITH ME?

FEEL FREE TO REACH OUT TO DISCUSS HOW WE CAN WORK TOGETHER.

I’LL REPLY AS QUICKLY AS POSSIBLE!